Balança minha querida… :) ahahahahahahahah

:) Euzinha toda catita... :)
🙂 Euzinha toda catita… 🙂

Devo dizer-vos que sempre fui uma moça de peso, não tenho propriamente a quem sair magra, podem acreditar que já fiz muitaaaaaa coisa para emagrecer mas esqueçam, eu devo ter nascido mesmo para ser gordinha, pois a mim nada me pega… 🙂

Quando decidi engravidar e na ausência do meu querido ginecologista recorri numa “urgência” a um outro bom especialista fiquei assustada pois disse-me qualquer coisa como:
“- Enquanto não emagrecer uns 15/20 kg nunca vai conseguir engravidar.”
Naqueles minutos fiquei sem saber o que lhe responder. Senti uma discriminação enorme, uma vontade enorme de o mandar para aquele lado que todas sabemos…  Eu sei perfeitamente que ter excesso de peso não é bom para a saúde de ninguém mas a verdade é que não nós gordinhas não somos nem melhores nem piores que ninguém só por ter uns quilinhos  a mais… Aliás até costumam dizer que as pessoas gordinhas são mais alegres… 🙂  E quantas mulheres gordinhas conhecem com filhos?!?!

No mês seguinte lá estava eu grávida, e sem ter perdido nenhum quilo. (afinal era possível)

O meu marido sempre muito solidário... :)
O meu marido sempre muito solidário… 🙂

Tudo estava a correr lindamente até as 12 semanas a balança marcar 3 dígitos.. Socorroooooooooooooo acho que é o desespero de qualquer mulher, detesto esta coisa, disse eu sem querer voltar a olhar para o mostrador … Lembro-me como se fosse hoje, o Dr C muito carinhosamente olhou-me nos olhos e com muita calma disse-me:
” -Patrícia, minha querida, conheces a POPOTA?!?!?!  Queres ficar pior que ela?!?!?! “

Nãooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo!!!!!! 🙂
Bem vocês não têm noção, aquilo mexeu comigo de uma tal maneira que durante o resto da gravidez consegui emagrecer 10kg. Escusado será dizer que o facto de estar a perder peso fazia muita confusão a minha mãe, até que a tive de levar comigo ao médico e ele com aquele carinho muito especial que tem pela minha Belinha lhe explicou que quando uma mulher tem uns quilinhos a mais não tem propriamente de engordar durante a gravidez, e que eu estava a “portar-me” muito bem. 🙂 Passava cá uma fominha…. 🙂 (brincadeira)

:)
🙂

Confesso que houve alturas que me apeteceu devorar o mundo, Apetecia-me tudo, mas as palavras do médico estavam tão gravadas na minha mente que superava tudo, ou quase tudo. Durante a gravidez houve 3 coisas as quais eu não consegui resistir, canja, massa e marisco, não vos consigo explicar estes súbitos desejos, sempre que me perguntavam o que me apetecia comer as respostas eram sempre as mesmas…

Sem duvida que com mais ou menos quilos eu fui uma grávida LINDA!!!
Sem duvida que com mais ou menos quilos eu fui uma grávida LINDA!!!

Nós gordinhas temos o dom do engorda, como costumo dizer, a mim, até o ar me engorda, mas se nos deixarmos levar quando estamos gravidas passamos de gordinhas bonitas a bolinhas com pernas 🙂 mas bonitas na mesma… 🙂
Tive também a preciosa ajuda da M que vinha cá casa 2 vezes por semana fazer ginástica comigo e foi sem dúvida muito importante…


Conclusão passei a adorar a balança, sempre que tinha de pisar a dita cuja era uma alegria, marcava sempre menos qualquer coisinha 😉
Acho que foram os 5 meses da minha vida em que consegui gostar desta maldita que atormenta a vida de qualquer mulher… 😉

Já cá cantavam 35 semanas , e mais de 10 idas à balança... :)
Já cá cantavam 35 semanas , e mais de 10 idas à balança… 🙂

Beijinhos docinhos… ahahahahah ( até as magras gostam de doces… ) 🙂 ahahahahah